Brasil estreia contra a Costa Rica, às 22 h (horário de Brasília); partida marca também estreia de Dorival Júnior em competição oficial

Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

A Seleção Brasileira começa na noite desta segunda-feira (24) a campanha em busca do 10º título da Copa América. O Brasil estreia na competição continental diante da Costa Rica, às 22h (horário de Brasília), no SoFi Stadium, nos arredores de Los Angeles. A Copa América 2024 é a maior edição do torneio de seleções mais antigo do mundo. Desta vez, 16 seleções (Dez da Conmebol e seis da Concacaf) disputam o título.

O campeonato também marcará a estreia de Dorival Júnior em competições oficiais no comando do time nacional. Contratado em janeiro, ele tem como missão classificar o time para a disputa da Copa do Mundo de 2026.

“O que gostaria de fazer é proporcionar ao nosso público prazer e alegrias. De sentir dentro de campo que a equipe tenta entregar o máximo para resgatar a alegria. Nada pessoal, e, sim, no sentido coletivo, para que possamos voltar a uma decisão de Copa América, de Copa do Mundo. Esse será o trabalho já iniciado desde o começo de 2024.”, disse Dorival Júnior, que participou na tarde de domingo da entrevista coletiva no SoFi Stadium.

O Brasil se prepara desde o dia 30 de maio para a disputa da competição continental. Além dos treinamentos, o time fez dois amistosos neste período. A Seleção ganhou do México, por 3 a 2, no Texas, no dia 8, e empatou com os Estados Unidos, por 1 a 1, no dia 12, em Orlando.

MAIOR VENCEDOR DO SÉCULO

Com nove títulos, a Seleção ganhou cinco das últimas dez edições da Copa América (1997, 1999, 2004, 2007 e 2019). Com isso, o Brasil é a maior vencedor da competição nos anos 2000.

O último título da equipe foi em 2019, em final contra o Peru, com o placar de 3 a 1. O jogo, no Maracanã, contou com 58 mil torcedores. Ederson, Richarlison e Gabriel Jesus marcaram para a Seleção.

“Sempre foi uma competição que quis muito jogar. É a minha primeira, apesar de já ter uma bagagenzinha com a Seleção (disputou a última Copa do Mundo), Quero sair 100 %, jogar a primeira, e, se Deus quiser, ganhar”, disse o volante Bruno Guimarães.

Os demais quatro títulos conquistados pelo Brasil foram em 1919, 1922, 1949 e 1989.

SoFi Stadium será o palco de Brasil x Costa Rica
Créditos: Los Angeles Rams

ARENA DE R$ 30 BILHÕES  

Localizado em Inglewood, subúrbio de Los Angeles, o SoFi Stadium será o estádio da estreia brasileira contra a Costa Rica, na próxima segunda-feira (24), às 22h (de Brasília). O estádio foi inaugurado em 2020 e abriga até 70 mil pessoas para os jogos de duas franquias da NFL, liga do futebol americano: Los Angeles Rams e Los Angeles Chargers.

O custo da construção do SoFi, iniciada em 2016, girou em torno de 5,5 bilhões de dólares (quase R$ 30 bilhões). Entre os atrativos, está o The Oculus, uma tela de 360 graus com reprodução em 4K para vídeos. 

“O palco é legal pela experiência, mas pra nós que somos brasileiros causa impressão jogar no Maracanã lotado. Vamos estar focados é no jogo”, disse o capitão Danilo.

Créditos: Rafael Ribeiro/CBF

VANTAGEM EM CONFRONTOS

Será o 12º encontro entre as equipes. Nas 11 partidas contra a Costa Rica, a Seleção Brasileira saiu vitoriosa em dez jogos. Os números simbolizam cerca de 91% de aproveitamento, com 34 gols marcados e nove sofridos.
O último jogo entre as seleções foi pela Copa do Mundo de 2018, quando o Brasil ganhou por 2 a 0 pela segunda rodada da fase de grupos do Mundial, com gols de Philippe Coutinho e Neymar.

Pela Copa América, foram dois resultados convincentes. O primeiro deles ocorreu por 5 a 0 em 13 de junho de 1997, graças a Ronaldo (2), Romário, Djalminha e Ronald González (contra), no estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de La Sierra (BOL). O outro foi em 11 de julho de 2004 por 4 a 1, no estádio da Universidad Nacional San Agustín, em Arequipa (PER), com hat-trick de Adriano e um tento de Juan.

“Costa Rica defende muito bem, transição muito rápida, jogadores verticais. Não tem partida fácil. Estamos preparados. Muito, muito difícil a partida”, disse o lateral Danilo.

Créditos: Leandro Lopes/CBF

You May Also Like

More From Author

+ There are no comments

Add yours