Tragédia na CAN: mortes no início do jogo

Pelo menos sete pessoas terão perdido a vida e dezenas outras terão ficado feridas ao serem esmagadas pela multidão junto ao estádio de Olembe, onde esta segunda-feira se jogou o encontro entre Camarões, seleção da casa, e Ilhas Comores, a contar para as oitavas-de-final da Taça de África das Nações.

Segundo relatos da imprensa, pouco tempo antes do início do encontro, uma debandada de adeptos ocorrida nas imediações do estádio Paul Biya teria vitimado um número indefinido de pessoas.

A imprensa camaronesa informou que os feridos foram transportados para o hospital de Messassi, embora haja relatos por parte da imprensa internacional de que chegaram a estar vários adeptos inconscientes no chão do recinto desportivo e que outros foram alvo de reanimação com respiração boca-a-boca.

Alguns vídeos difundidos nas redes sociais mostram uma enorme debandada de adepto, a correrem pelos portões do estádio, tendo depois muitos deles sido levados para o hospital, entre eles crianças.

Apesar destas cenas fora de campo, a partida entre Camarões e Comores começou, como programado às 19h00 locais e terminou com o triunfo da seleção da casa.

Segundo Naseri Paul Biya, governador do centro dos Camarões, o número de mortos ainda deverá aumentar. De acordo com números do hospital Messassi, pelo menos 40 pessoas feridas foram assistidas, depois de cerca de 50 mil pessoas terem tentado entrar para assistir à partida num recinto com 60 mil lugares, ainda que com restrições de público devido à pandemia de COVID-19.

fonte: desporto.sapo.pt

You May Also Like

More From Author

+ There are no comments

Add yours